O pé-frio

  Barack Obama: como candidato, a guerra do Iraque o fez nascer, a crise económica o consolidou. E não, não foi por ele ser negro.   Final do campeonato europeu de futebol, 2000. A poucos segundos de acabar o jogo, a Itália vence a França por 1-0. Com pressa para sair de casa e desejando […]

Ler mais
Jugular

Tenho no Jugular, um blogue novo cheio de gente esperta, um monte de amigos que fiz no 5dias. O Jugular já é uma das minhas leituras diárias mas ainda não tinha tido tempo para lhes desejar as boas vindas. Espero que a Fernanda, o João Galamba, o João Pinto e Castro, a Ana Matos Pires […]

Ler mais
A bolha da China

Nos últimos anos transferimos grande parte da capacidade produtiva mundial para um regime que parece estável mas que é sobretudo opaco.    Novidades velhas: a bolha americana, a crise chega à Europa. Mas quem quiser mesmo viver ansioso deve começar já a preocupar-se com a bolha da China.   Um economista de direita, Tyler Cowen, […]

Ler mais
Ideias em tempo de crise

A esquerda e o centro-esquerda estão mais próximos agora do que alguma vez estiveram nas últimas décadas. Já estou habituado a nunca ter lido nada do prémio Nobel da literatura quando ele é anunciado. Invulgar é ter lido neste Verão o último livro do nobel da Economia. The conscience of a liberal, de Paul Krugman […]

Ler mais
É preciso ter lata

Jamais se poderá abolir a ganância. Podemos no máximo taxá-la com um imposto fortemente progressivo. Não tenho qualquer razão para defender os executivos, mas não — a culpa da crise não está na “ganância dos executivos”. Os executivos não são mais gananciosos do que qualquer outra pessoa em circunstâncias semelhantes. As suas empresas agem no […]

Ler mais
Justiça económica

  RT   A análise de padrões de comércio e de localização da actividade económica tem certamente muito que se lhe diga do ponto de vista técnico, desde que não seja eu a dizê-lo. Mas do ponto de vista do debate público é certamente de louvar que Paul Krugman, o homem que escreveu isto enquanto […]

Ler mais
Agora me contas

LR do Blasfémias escreve o seguinte: «O mundo está literalmente a implodir, mas o Público considera mais importante dedicar a capa e mais 10 (dez!!!) páginas ao casamento entre a maricagem gay.» É preciso chegar o casamento gay para os liberais do Blasfémias acharem subitamente que afinal o mundo está a implodir. Mas a crise financeira não […]

Ler mais