Minha crónica de hoje no Público: “Era preferível que não houvesse fanáticos, e que não tivesse de haver mártires pela liberdade. Mas havendo, é importante lembrar sempre que o amor é mais forte do que o ódio, como pôs na sua capa o Charlie Hebdo. Porque o amor é um amor de riso e de liberdade. E por isso os corações de todas as pessoas de bem de todo o mundo estiveram ontem juntos, em Paris, na Praça da República, ali onde leva o Boulevard Voltaire.”

Acesse a crónica completa em O fanatismo .

3 thoughts to “O fanatismo

  • mm

    É sempre bom recordar como ainda nestes tempos, infeliz e aviltantemente, se perpetram crimes hediondos e pululam senhores que se presumem no direito de serem donos de outros, querendo apropriar-se do seu espírito, inteligência e liberdade (NÃO o conseguindo…!),

    a coberto de leis, supostos ‘bons costumes’ e ‘religião’ (q SÓ escondem a sua pequenez, arbítrio e reles poder -e medo!), com castigos repugnantes, q SÓ qualificam os próprios!!!

    É bom lembrar os homens DE VERDADEIRA CORAGEM e ESTATURA [como -mais um!- Raif Badawi a quem, por sinal, um 2º juíz(!?) aumentou a pena], num tempo de dicotomias vergonhosas de abundância e absoluta carência, leviandade/irresponsabilidade e gravidades sem fim…

    E tb lembrar o amiguinho do Ocidente, a Arábia Saudita, país, entre outros, de líderes e leis repugnantes e retógradas,

    …onde continuam a imperar O MACHO, O PODER ARBITRÁRIO,AUTOCRÁTICO E OBSCENO(d)O ‘PAI’…!,

    …e com o qual somos tão condescendentes!!!

    E não nos queixemos só ‘dos outros’, dos fanáticos e perversores de direitos e da religião(-ões) que apregoam,

    PQ SOMOS OS 1ºS A NÃO praticar e fazer valer os NOSSOS supostos superiores valores…!

    P.S. Deve escrever-se e ler-se ‘connosco’.

  • EVA SCHUBERT

    Charlie Hebdo!
    Uma coisa invulgar,barbaro terror que aconteçeu.Não vamos pensare onde está a cabeça de servicos secretos,combat de antiterrorizmo,légio ou policia secreta,como deixaram terroristas destes sem vigiláncia.Caricatúristas também podia ver que eles vai publicar,islamizmo um religion fanatista e não admite abuso ou publicação provocativa.
    Muito lamentável este crime ma aconteçeu em França,se as françéses pedir ajuda internacional contra-terrorizmo tenho certeza Eles vai ter tudo ajuda.Auqeles islamistas quem viver honestamente em França
    não pode prejudicados por a causa dequele horror que os outros cometerem.

  • Álvaro Ferreira de Melo

    A Terra se bem analisada tem três universos.

    O 1º. Chama-se Países Ocidentais ou civilização ocidental. Neste universo existe uma cultura tolerante, fraterna, de igualdade de género. Onde não se fazem, em princípio, julgamentos do próximo. Existe um respeito pela existência do outro. Pela salvaguarda da vida, e do espaço de cada um.

    O 2ª. Chama-se Países Orientais ou civilização oriental. Neste universo existe uma cultura menos tolerante, unida, onde existe uma diferença ligeira de género, mas o homem tem o comando, mesmo quando tem uma mulher à frente como cabeça. A vida tem um peso mais pequeno, porque a espiritualidade é mais elevada.

    O 3º. Chama-se Países Árabes ou civilização mulçumana. Neste universo existe uma cultura pouco tolerante, unida, onde a mulher não tem valor, não passando de mercadoria. A vida não tem valor, passando a morte a dar, prémio. Deus vale tudo.

    Com este pensamento eu só posso concluir:
    Eu sou Católico acredito num só Deus, não acredito no Diabo, mas respeito-o. Assim posso recomendar que estes mundos continuem, mas que se respeitem, para ser respeitados. Critiquemos o que está dentro de portas e coloquemos de parte os mundos que não estão ao nosso nível civilizacional. Se olhassemos e criticassemos o que vai mal nesta Europa já tinhamos muito que fazer. E a persistência, podia trazer mais louros e menos mortes.

    E esta eh!

Leave a comment