Minha crónica de hoje no Público: “Quem for que tenha dado o nome de “Marquês” ao caso de José Sócrates prestou assim um mau serviço ao processo e ao país. Desde logo porque, para o bem e para o mal, Sócrates não é Pombal. E sobretudo porque o processo do Marquês, há 230 anos, foi o epítome do que este não deveria ser.”

Para ver a crónica completa, abra o link: O processo do Marquês

3 thoughts to “O processo do Marquês

  • mm

    Não sei se isto é ou pretende ser um retrato ou caricatura do nosso portugalinho… perenemente nas suas vicissitudes internas e externas, estafadeiras, sacanices,penas e guerras(-inhas).

    Como dizia uma psiquiatra, por maior q seja a tragédia, acaba sempre numa grande assoadela.

    Este ‘O processo do Marquês’ começa num sorriso e acaba numa enorme gargalhada…

    Ao menos, Deus, n nos tires o divino riso!

  • Loly

    disse:Alcinc3a9a, que genial moangtem o seu kit: recorda o tempo da imortal Mc3a3e Luzia cantada pelo poeta c381lvaro da Cunha. Sc3b3 que a escuridc3a3o, calor, prejuc3adzo, estresse, transtornos e tantas mazelas nc3a3o sc3a3o nada poc3a9ticos em nosso tempo de tanta tecnologia e num pac3ads rico como o Brasil.

  • car insurance quotes

    Oh, my style pinboard totally makes me feel way more stylish than I actually am!I’m actually doing a Pinterest project this weekend – a pumpkin topiary from HGTV. I’m not crafty at all, soooo… we’ll see how this turns out.

Leave a comment