Minha crónica de hoje no Público – “E seria injusto não incluir o coro parlamentar. Polifónico, mas estudioso e bem ensaiado. Os deputados e deputadas da comissão parlamentar levaram a sério o seu trabalho, dignificaram a Assembleia da República e honraram-se a si mesmos. Ouvi taxistas atentos ao que transmitia a rádio, — “já estou faz horas nisto” —, soube de reformados que tiveram a televisão acesa todo o dia e fui seguindo jovens que foram comentando as audições nas redes sociais. Tenho a certeza que os deputados deixaram a todos eles, como a mim, a excelente impressão de que estávamos a ser representados nas nossas dúvidas e interrogações, melhor do que faríamos. Nestes tempos, é essencial registar isto, e esperar que a responsabilidade seja bem levada até ao fim do trabalho da comissão.”

Click no link para ter acesso ao texto integral: A corda

 

Leave a comment