15 de Setembro de 2012

Se “empobrecer para competir” implodiu, qual é a ideia poderosa, qual é o discurso congregador, qual é o argumento vencedor que o possa substituir? A resposta, creio eu, é “libertar para desenvolver”.

Em primeiríssimo lugar: todos tivemos justificados motivos de orgulho no povo português. Centenas de milhares de pessoas, talvez um milhão, manifestaram-se anteontem em dezenas de cidades nacionais e algumas da diáspora, civicamente, pacificamente, e eu acrescentaria construtivamente também.  Foi uma enorme demonstração de uma sociedade atenta, informada, preocupada com o seu país, democrática, e serena mas vigorosamente empenhada em fazer-se ouvir.

Em segundo lugar: os governantes portugueses têm muita sorte com o povo que lhes é soberano. Um povo que tem sido paciente, tolerante e sacrificado para lá de qualquer comparação, para lá de qualquer expectativa legítima, às vezes até para lá do que deveria aceitar. Mas que tem aceitado dos seus governantes pedidos de todos os tipos de sacrifícios — enquanto eles ainda têm uma réstea, por vezes ténue e quase invisível, de uma qualquer plausibilidade. Esse ponto foi ultrapassado agora. As últimas medidas do governo não são aceitáveis. O povo disse-o sonoramente, de forma pacífica mas firme. Que o governo não pense em insistir e desafiar o povo para lá desta fronteira.

Em terceiro lugar: o argumento que sustentava este governo, “empobrecer para competir”, implodiu. Pode continuar a existir na cabeça de economistas dogmáticos como Vítor Gaspar ou António Borges. Pode continuar a embasbacar o governante profundamente inculto que é Pedro Passos Coelho. Pode continuar a sustentar-lhe a coligação com Paulo Portas, mas “empobrecer para competir” falhou o teste democrático. Os portugueses têm aceitado sacrifícios para equilibrar as contas públicas, têm aceitado sacrifícios para pagar aos credores, têm até aceitado sacrifícios sob argumentos com que não concordam. Aceitar sacrifícios para dar dinheiro aos patrões, não. Aceitar sacrifícios para se venderem ao desbarato, não. Aceitar sacrifícios para competir pelo subdesenvolvimento da nossa economia, não.

Se “empobrecer para competir” implodiu, qual é a ideia poderosa, qual é o discurso congregador, qual é o argumento vencedor que o possa substituir? A resposta, creio eu, é “libertar para desenvolver”.

As pessoas que se opõem a este caminho precisam agora de encontrar formas realistas de fazer três coisas:

Em primeiro lugar, encerrar este episódio o mais rapidamente possível nas melhores condições de desenvolvimento para o país. Isso significa aproveitar os novos alicerces concretos que, a pouco e pouco, se vão lançando para o euro: hoje está consolidada a ideia que o Banco Central Europeu deve usar as suas rédeas para domar os juros sobre as dívidas públicas, mesmo que o Bundesbank não queira. Estará dentro em breve conquistada a ideia de que uma renegociação da dívida pode ser feita para vantagem de todos os intervenientes. Já todos vimos que a troika só serve a este governo como pretexto para nos fazer viver as suas taras ideológicas. Portugal terá, com uma navegação judiciosa, condições para levar a troika ao aeroporto e fazer o seu caminho.

Em segundo lugar, o caminho que os portugueses querem é o da qualificação da sua força de trabalho. Não, não é um caminho fácil nem rápido como cortar salários para embaratecer os “custos unitários do trabalho”. Mas o caminho do desenvolvimento é aquele que os portugueses acham que o seu país merece, é aquele que eles estão preparados para discutir e apoiar. É preciso substituir o memorando de entendimento por um “memorando de desenvolvimento”.

Em terceiro lugar, é preciso que os políticos entendam que o nosso sistema dá sinais de esgotamento. Não será possível atingir os objetivos sociais e económicos que o país merece sem dar mais intensidade à nossa democracia. Os portugueses demonstraram ontem que têm maturidade para isso, e que algo de essencial tem de mudar neste país. Tal como souberam ver o absurdo para que o governo os queria levar, também saberão ver o vazio daqueles que quiserem apenas fazer a gestão das suas frustrações.

(Crónica publicada no jornal Público em 17 de Setembro de 2012)

24 thoughts to “Libertar para desenvolver

  • Magalhães Expresso em Rotundas do Ipiranga

    Libertador….
    Banco Central Europeu deve usar as suas rédeas para domar os juros sobre as dívidas públicas, mesmo que o Bundesbank e os outros bancos centrais com juros baixos como os franceses e belgas e hollandeses endividados os têm…

    O problema boss é a dívida interna da união
    que haja um superávite no con junto tanto fax

    o luxemburgo continuará a ser a máquina de lavagem de dinheiro da europa dentro do euro

    e a suissa e a grã-bretanha a fazerem ol mesmo fora

    A alemanha com ou sem eurro venderá mercedes e audis à mesma
    que os cartéis de droga e os de tráficos de influências não os vão trocar todos por mazdas

    os árabes continuarão a comprar mercedes e acções alemãs e diamantes e petroleiros nos países baixos

    os juros baixos davam uma ajuda ao serviço da dívida

    mas levantavam os juros das dívidas dos nossos melhores…

    é norte contra sul

    e o sul é só velhotes e uma data de escravos

    de 1861 a 2012 os escravos nunca ganharam as guerras da secessão…
    mas tenha fé
    que nossa senhora de fátima há-de interceder per si…
    ou ela ou os e.t’s

  • Ontem Boss? 17 -1 dá 16 é só fazer as contas

    Os portugueses demonstraram ante anteontem que não têm maturidade para nada, e que algo de essencial (a brigada do reumático actual? as afundações agora só a 70%? as universidades que levaram um décimo dos cortes que o ensino básico levou?
    tem de mudar neste país.
    é que essencial é como as gorduras ou os desperdícios
    ou vamos imprimir notas que eles até se cagam
    as mudanças bruscas para o absurdo só deram merda nos últimos 100 anos

    Tal como souberam ver que era absurdo pensar que o governo conseguia cortar o que quer que fosse
    o governo não os queria levar para lugar nenhum porque anda perdido há um ano e picos sem saber o que fazer

    só lá fora o governo dos ministro estrangeiro dos alemães propõe uma alternativa ao FMI
    agora a alemanha que foi culpada de muita cousa não é culpada de tudo

    ao menos sempre condenou os alemães que nos (salvosseja) subornaram

    cá no burgo os juízes foram na multidão com as filhas advogadas sem consultadoria a gritar os corruptos são eles

    os gatunos são eles
    nós que tivemos 40% de aumento da masSA das reformas em menos de uma década não temos culpa de nada

    sabíamos lá que íamos ter 30 e 40 anos de reforma
    como os mineiros de jales a 300 e 400 euros por mês
    se fossem como os da urgeiriça que quinavam aos 57 com 2 anos de reforma por invalidez paga távamos fixes

    também saberão ver o vazio daqueles que quiserem apenas fazer a gestão das suas frustrações….mas nós descontámos 200 euros por mês nos últimos 10 anos e 250 contos por ano nos 5 anos antes
    e etc
    logo se os tivessemos posto em ceertificados de aforro desde 1981
    agora tinhamos aí uns 150 mil euros

    e ganhando reformas de 2200 a 4600 ao mês e indo para os 82%
    150 mil bem geridos na bolsa
    dão para pagar a reforma antecipada desde os 58 aos 88…

    ora 150 mil a dividir por 30 dá mais de 5000…logo 2000 ou 4000 por mês é pouco
    ladrões

    (Crónica publicada no jornal Público no dia em que nem o espírito santo nem a mota engil quiseram dar uns niquinhos para tapar o buracão da segurança sucia all

  • Ontem Boss? 17 -1 dá 16 é só fazer as contas

    Desenvolver, boss, envolve muito tempo, criar algo de útil e principalmente espíritos abertos, não corporativistas.
    Desenvolver implica sacrifícios de todos os que beneficiaram do regime e menos daqueles que nunca irão beneficiar dele no futuro…
    Sal y azares cheios de I-dei-as boAs já tivemos de sobra nos últimos séculos.

  • o pssoal que tem obrigações em fazer sacrifícios vai fazê-los? ou vai jogar golfe no algarve

    a rtp vai fazer 20% de sacrifícios?
    os fornecedores de soap operas?
    a carris?
    o par lamento?
    o parque automóvel do estado que deixa apodrecer os carros de luxo apreendidos?

    a malha de interesses que cobre todas as cidadelas de autarcas?
    a mota e engil ? a banca nacional e estrangeira que nos creditou

    vai sofrer um corte como na grécia?

    e aqueles que confiaram nos certificados de aforro estatais
    vão tê-los para a reforma?
    pois tanta gente sacrificada para tanto ladrão à solta

    e tanto preso por migalhas…ou por dar um tiro numa senhoria tamém ela destituida
    é fodido este fado boss
    só se diz que os ladrões são eles…
    curiosamente a justiça popularucha só se abate nos pequerruchos

  • am

    “Banco Central Europeu deve usar as suas rédeas para domar os juros sobre as dívidas públicas”

    não entendi. O BCE não acaba de prolongar o estado de graça dos bancos comprando-lhes sem limite os activos podres que geraram e continuam a gerar, com garantia de serem novamente os contribuintes a pagarem a fatura duma muito breve nova bolha?

    Como deputado europeu de esquerda não deveria antes defender que o BCE deva imediatamente intervir no mercado primário ou, então, que desvalorize o euro?

    Com a guerrinha entre o Japao e a China, talvez fosse bom em nome da produtividade, competitividade ou outro jargão técnico-económico-financeiro, que chamassem a Portugal as empresas japonesas que estão em vias de desertar a China.

  • As empresas japonesas têm viet names de lugares mais interessantes para deslocalizar

    e produtividade não é sinónimo de salários baratos e horas de trabalho sem fim

    sanão a industria mundial tava toda na competitiva áfrica….

    o eurro já desvalorizou e bastante…mais de tantos por cento

    e revalorizou-se 6 a 7% nestes últimos dias

    o que vai ser mau prÁS exports
    mas bueno pró pitroil que compramos
    e o gás russo ou argelino…

    quanto à prova de força da china contra o poder militar amarikano no pacífico
    é outra guerrinha de fronteiras como a da índia

    há 6000 bancos na União e 2% dos postos de trabalho

    é verdade que é uma boa I-dei-a falir a única área de serviços financeiros com que a europa co-dominou o mundo mesmo depois da queda do império colonial
    e termos só banca americana e asiática…
    a guerra económica é nice
    o capitalismo é feito de bolhas
    de bolha em bolha inté a bola final..

  • A Empresa Supernatural de Comunicação (the former artist known as Royal Tin Prince) informa as criaturinhas das nuvens de magalhães que a amálgama seguinte sunt pedaços de jãbasquismo in bruto até tu brutus

    7%Só Ares tem memória perfeita

    a quem chamaram ladrão no século passado foi ao carneiro expiatório

    devolve os 33.000 mas o gaijo não se demitiu

    6%Um sedioso de poder e ambição, de condecorações e protagonismo,etc…uma grande l???? do erário público

    curiosamente ao nosso pae do empobrecimento e desvalorização competitiva nunca ninguém chamou o que chamaram ao Coelho bem Passado

    porque se lhe chamassem isso ou outros nomes ele tinha-se demitido

    se aqueles com as bandairas vermelhinhas e cartazes a dizerem
    bandido mata-nos à fome e outra preciosidades

    soubessem que era questão de um adjectivo

    5%é tudo uma questão de comunica à são boss, mecê acha que
    LI Berta’r us para desenvolver …..
    quem é que nos empresta guito para nos desenvolvermos

    vendem-nos a maquinaria a crédito?

    o dinheirinho expatriado no lux e suissa bolta?

    se bem me lembro uma famiglia anunciou que ia processar um jornal
    que publicou as contas na suissa em nome de portugueses anteriores à 2ªguerra mundial

    4%e já foi há uns anos…
    quando queriam o ouro nazi que salazar arrecadou em 2001 2002
    A Comissão Bergier, comissão suíça independente criada há seis anos para estudar as ligações da Suíça ao regime nazi, apresentou hoje um relatório de 500 páginas, 12 delas dedicadas a Portugal.

    O documento confirma o negócio dos escudos, ou seja, até final de 1942 o Banco Nacional Alemão vendia ouro ao Banco Nacional Suíço, para os alemães comprarem bens estratégicos a Portugal. A partir de 1943 a Alemanha passou a vender o ouro directamente a Lisboa.

    3%?O historiador António Louçã acredita…

    logo a sua libertadora I-dei-a é gira
    mas libertamo-nos como
    eu juro que prefiro continuar preso mais uns aninhos
    sou como aquele que só deu um tiro na senhoria quando o puseram fora
    até lá prefiro a senhoria do que uma cela muito limitadinha

    2%Se um túnel é um buraco com 2 saidas

    uma rotunda é um buraco sem saidas nem said’s

    o país é uma rotunda imensa

    o país afogou-se numa rotunda questão:

    1%Dr. Who? Só Ares?

    se a todos os primeiros que se chamassem ladrões fossem atirados aos leões
    tinhamos um carneiro com 33.000 dele a devolver

    e uma famiglia soares mais pequerruchinha

    mas no soaristão ouve-se mal…

    ó mário aperta o cinto, ó mário aperta-o bem
    aperta o sinto já sinto,
    ó zé apertó sinto ó zé apertó-lhu bem
    cu sinto bem apertado
    tens a maior barriga cu país tem…

    Marocas das frases larocas
    dá o dinheiro
    do décimo terceiro

    e no dia a seguir o home foi-se mas voltou um porradão de vezes…

    0%Em terceiro lugar, é preciso que os políticos como boss mecê e os portugueses restantes semi-politizados entendam ….o qué difícil pois gastam porradões de $ com as comemorações do 28 de maio que por acaso nos livrou dos militares no phoder político
    e só lhes deixou o económico
    o que nos livrou de golpes de estado manu militare durante 38 anos
    o que já nã foi mau
    podíamos ter ficado egípcios em vez de gregos
    agente tinha preferido costa-ricaços mas havia guerra fria
    e a 3ªWW pecisava de magalas na Flandres antómica

    que o nosso sistema dá sinais de esgotamento….já deu tantas vezes mai uma ó menos uma…é como os maias com o pócalipse deles
    vinham no ano 1000 vinham em 2000 agora chegam daqui a dois meses e picos

    Não será possível atingir os objetivos sociais e económicos

    quais são os objectivos boss?

    meter os 40 mil alunos das UTAD’s UE Agronomias ESAgrárias e restantes que tiraram cursos agriculturaes nos últimos 30 anos a irem dos ministérios e unibersidades e instiputos e secções de supermercados para os campos e florestas?

    bolas boss isse é cruel

    os só ci ais é mais fácil de 3 milhões de pessoas sem subsídio ou com subsídio inferior a 300 eurros mês
    passamos a 4 milhões num fósforo…
    dos trÊs meses por uma consulta de ortopedia ou os 8 de oftalmologia
    que levavam autarcas a levar os nossos cubanos para serem operados em cuba
    passamos a meia hora a marcar consultas com um tuberculoso a tossir porque não pode ir às 8 da matina à consulta de pneumologia com os 20 asmáticos e pessoal com enfisema e cancro da pulmonária…
    é o futuro…
    e o futuro foi ontem às 14 da tarde
    e o tuberculoso não tinha que pagar os 3 eurros nem queria tomar a merda dos cumprimides que nã lhe faziam nada
    é boss se não salvamos este SNS temos de arranjar o SLAT do Martim Moniz outra vez ou o da Moraes Soares tanto fax…
    ó boss a metadona é sucia all ou é inconómica como as vaccinas da gripe?

    é cagente de objectivos objectibamente objectamos….

  • A Empresa Supernatural de Comunicação (the former artist known as Royal Tin Prince) informa as criaturinhas das nuvens de magalhães que a amálgama seguinte sunt pedaços de jãbasquismo in bruto até tu brutus

    Saiba o CAmarada des Choux de xelles ou des chouans de xelles tanto nos fax, que a expressão desta crise até 2022 e ódepois é navegar à vista
    A crise de 1929 durou até 1941…e nem há um japonês com um cérebro like a blade que ataque o Havai ou os chinocas, nem um amarikano que ataque o Irão para descomprimir o mundo na 3ªmundialita

    Felizmente inda temos os colonos israelitas para exterminar a onda ÁRABE NAS bizinhanças…matam é muy devagarinho…
    desde 1973 só foram duas vezes ao líbano e mesmo assis já não matam como dantes e cada vez há mais ayrabes
    e os mericanos vendem mais armadura aos ayrabs que têm mai guito cus judios y judias e outros vegetales que israel produz

    Nota Bibliográfica;
    Los europeos se encontraron con las judías verdes en la conquista de América y pronto la incorporaron a la cocina europea, comenzando a comercializarse …
    judias verdes solamente com jamon con melón melón melón
    melão melão a eurrochoux de xelles tá ver né?

    Logo objectivos ê nã os faço há 5 anos, desde agosto de 2007
    recomendo ao senhor doutor jornalista economista-artista que faça o mesmo…nã se faça uma doutoura? manela ferreira ó leite que pouco fez no cavaquistão
    que foi uma ministra da induca a são tão medíocre como a maioria dos nossos primeiros e segundos

    e se foi uma inconomista mai hábil cu nosso só Ares, olha que durante o Durãozismo nunca o mostrou

    Só ao fim duma data de anos veio dizer que as merdas que nós fizemos com as progressões automáticas (a única coisa de que soares num tem culpa pois manteve as pensões de fome salazaristas) foi uma cousa boa

    E os deuses de pedra feita do Olympo olharam para a sua obra e obraram bem e continuam a obrar
    sai cada obradura daquelas boccas

  • Augusto Küttner

    Não consigo ler estes cometadores. Claro que aproveito para felicitar o RUI TAVARES pelo que escreve.

    E diz! Parabens!

    Força!

  • Augusto Küttner de Magalhães

    Estes comentadores, escreven, escrevem, escrevem…………….e nada, nada ……………..

  • Comunicação Especial para as criaturinhas das nuvens de magalhães em simplex do Socratristrão cheio de Parvos Alegres e Manuéis

    Não consigo ler estes cometadores…cometa dores? ê tamém nã vi nenhum ó criatura das pequenas nuvenss de mangalhõess

    …………….e nada, nada ……………..ia magalhães nadando nas auto estradas da in for mação e não via um único autarca vermelho laranja ou rosa
    con denado ou danado por ter comprado uns terrenozinhos baratos numa intertreta das inter netas por intermédio de uma prima da tia do Magalhães através dum Magalhães que era do filho de um sobrinho que foi com o pai natal ao circo

    Não podia dizer ao Magalhães que tem ai em casa para libertar uns milhões do soaristão ao cavaquistão ao socratistão?

    Dava jeito alguns trocos para pagar esses kutners de arreformados que andam a pinar as inter netas e a gastar o petróleo angolano em con sumos eléctricos

  • Comunicação Especial para as criaturinhas das nuvens de magalhães em simplex do Socratristrão cheio de Parvos Alegres e Manuéis

    Em primeiríssimo lugar: todos tivemos justificados motivos de orgulho no povo português.Foram roubados alarvemente em Biliões de metros do Porto e em centos de milhões de magalhães que caem no chão e se alevantam, mas finalmente voltamos à rua a chamar gatunos, às Fátimas Felgueiras, aos majores graduados nas guerras das batatas, aos I Sal Tinos das Rãs Imurais e às Emaudios partidárias com Afundações de Vivas Gentes sem Pontes Salazares para os manterem na eternidade da Lusoponte.
    Quinhentas mil pessoas, talvez mesmo meio milhão segundo o serviço público de RTP (que custa anualmente aproximadamente 1% dos 7% da TSU)sairam à rua para gritar gatunos, nós elegemo-los para acabarem de vez com todos os gatunos e vocês roubam-nos o dinheiro para o darem aos Institutos, Afundações,RDP’s, Observatórios, SNS’s , reformados e desempregados e RSI’s?
    Ou nos dão tudo em notas de mil ou vão ver como elas ardem.
    Vamos para a escola partir as portas e amanhã põem umas portas de jeito, como disse e fez uma cabo-verdeana nos idos dos 90 e uma associação de estudantes que pagou a porta da reitoria, nos início dos 90 ou no fim dos 80, o Miguel Mota que se lembre, já que com 90 anos se lembra dos anos 70 tão bem…

    Centenas de milhares de pessoas, talvez um milhão, ou dois já agora, 20 mil em viseu x 100 cidades neste país dá, pelo menos dois a quatro milhões com os de Madrid, Paris, Caracas, São Paulo e outras da diáspora, em joanesburgo não sairam porque arriscavam-se a ser assaltados, em Luanda também não sairam porque são emigrantes ilegais, bolas isto dá cada volta.
    Nota de Rodapé para criaturas de Magalhães: I-legais são gajos legais bué que vão com visto de turista e ódespois andam a tirar o trabalho a brasileiros e indianos.

    Milhões manifestaram-se anteontem em dezenas de cidades nacionais e algumas da diáspora põe diáspora nisso (dizem velhas loas quinté (Kunta ´quinté Kinte) arrombaram o magalhães de sócrates e lhe saquearam o minibar como fizeram na embaixada de espanha, civicamente), tirando as garrafadas na polícia e só terem chamado gatunos a uns tipos que faziam piscinas para as autarquias e agora andam reformados só com 3000 por mês, foi de facto civil.

    O Gatuno daquele Álvaro que veio de um instituto de terceira para se encher à nossa custa ahn.

    E aquele Gaspar que anda a gastar o nosso dinheiro em noitadas e em jantares nas afundações eódespois anda com olheiras e ganha quase tanto como um dos nossos eurrodeputados, que são de graça como os restantes eurocratas pagos com os nossos juros usurários.

    Em Brux de chelas foram lá bater-lhe à porta e chamar-lhe gatuno?

    Nos anos 90 os irlandeses consideravam os eurodeputados a 8000 libras e picos (irlandesas ou das da rainha) uns ladrões do camano

    ódespois quando o guito chegou à barda acharam todos bem

    ó Boss não podíamos formar um governo de Salvação Nacional com o major valentim loureiro, a tia fátima, os magalhães de serviço e a brigada do reumático que se reune com o cavaco amanhã?

    com nosso soares a imprimir notas com as olheiras do gaspar, ia menos vezes às inaugurações de exposições em tempos de crise…

    Ingeborg Lippman – Um olhar sobre Portugal 18-9-2012 : 18h00Fundação Mário Soares. 000979. Exposição de fotografia (provas originais) de Ingeborg …
    liberta-nos desde desgoverno devolve-nos o metro do porto até bragança e o TGV em ex-posição para os afortunados que comem canapés e levam convite para o 1ºdia da ex-posição

    podiam dar umas cem mil sandes com pão e fiambre do incontinente
    uns 6000 eurros (o mesmo que custa um decorador para ordenar as fotografias) e tinham lá mais 100 mil a juntar às 400 mil visitas virtuaes que dali da paragem do autocarro nunca vi entrar…

    Li-berta-R a grande Berta nã era um canhão?
    Li Berta Dores …isse li berta

  • Comunicação Extra Especial para as criaturinhas das nuvens de magalhães em simplex do Socratristrão cheio de Parvos Alegres e Manuéis

    As criaturinhas sem inter netinhas e a arreceber menos de 300 ao mês e as ciganas que voltaram a fazer concorrência à miséria romena, libertam-se aos 108 mil por ano e herdam a terra em torrões.

    Já os Ku mister T Nerd’s de Magalhães em Cebu, herdam jazigos do tamanho de afundações ou vão malhar com os ossos ao lado do Spínola feito marechal pois ficava mal a capitania ser graduada em general e ele ficar igual ao coronel de engenharia camarada Vasco.
    Logo que magalhães nos gon salves…
    Já que o eurro não nos liberta
    E o escudo não nos compra fotos de Ingeborg Lip pacman
    Um olhar vesgo e muito caro sobre Portugal 18-9-2012

    Felizmente muita boa gente que viveu (sem pagar IRS vendendo pergaminhos, fotos e lithographias) à custa da venda de retoques e arrumações de afundações e gabinetes ministeri ais, está tramada e apenas consegue fazer uns magros 5 ou 6000 por mês.

    A vingança tarda mas é nossa, agora precisam de um ano para comprar um Mercedes…libertámo-nos…
    E já nem há leilões de Fotografia no centro cultural de Belém
    E felizmente os Samovares de ouro do século XIX que pesam 1200 grammas, levam de imposto 25% dos 10% da comissão da leiloeira.

    Dá 2,5% do total antes da comissão e impostos
    Em 3 mil milhões de vendas em leilões de arte e de falências commerci ais industri ais
    dá quase 75 milhões
    dá para meio-milhão de magalhães para os manifestantes
    ou para as licenças do windows num ministério qualquer…
    li berta r? ou erre?
    Estamos enfim libertos

  • Comunicação Extra Especial para as criaturinhas de anddrómerda in complex do Socratristrão cheio de Parvos Alegres e Manuéis Cassadores de grossa cassa e ailephantes

    Os kutner de magalhães já não vão a leilões no OPOrto?

    bolas que crise ahn….

    é feio personalizar as cousas

    O seguro do gaijo do ACP já lhe pagou uns milhões por aqueles relógios de colecção que estavam em baixa?

    Por acaso o negócio de antiguidades é muito propenso a ladrões dignos de Villon e ass asininos like Pierre François Lacenaire
    Há pessoas de esquerda com pergaminhos de caçador Simão como nosse caçador alegre e bibliotecas de milhão que se vendem na feira da ladra commo alguns Barros e Henriques de navegação à vista

    Tanto lixo que o pessoal compra e ódespois nã se consegue livrar né…
    Só que comprar decorações de in for mações para o gabinete por 70 mil e levar uns brindes por conta
    e uns des contos é normal né,,,,

    Logo qual é o problema de se comprarem terrenos que nada valem e vendê-los ao estado por centos de milhões?
    O estado é gatuno

    Ladrão que rouba ladrão…lá dizia aquele que foi arrancado da casa aos gritos porque a CRIL ou a Crel tanto fax tinha pago o triplo por uma casa que era metade da dele
    Queria mais pois então não queremos todos?

    Nã boss ê sey que vive a pão e iágua e só anda em combois na 2ªclasse
    Não vai a Paris toda a santa semana como a filha daquele gaijo que combateu o faz cismo desde vienna ou vianneta uma treta dessas…

  • Comunicação Extra Especial para as criaturinhas de anddrómerda in complex do Socratristrão cheio de Parvos Alegres e Manuéis Cassadores de grossa cassa e ailephantes

    Eu cá sou a favor de caçadores de leilões e especialmente de caçadores com caçadeiras de bom calibre nas mãos, agente jura que não se põe a jeito de ter um acidente de caça….

    cagente jura a pés juntos que nem caça coelhos à cachaporrada
    nem vae a reservas de caça …vedadas até aos proprietários dos míseros pedaços algures no northe

    agente não se mette com os gangues só de ares feitos
    e muito menos com os gangues de patetas alegres
    cagente não tem cathegoria pra isse

    Pergunta à Joana Mello Antunes quella con firma queu juro a mãos juntas,nã tenho perfil pra caça grossa
    e matar à cachaporrada é cruel pó animal…
    ass i nado: Vegetal

  • No Brasil, os maiores salários estão nas universidades públicas, que concentram 91,6 mil dos 132,4 mil professores com dedicação integral...nós nem chegamos aos 80 mil e já com institutos

    só temos 40 mil professores universitários e dos politécnicos

    e outros 40 mil nos instiputos observatórios ministérios e universidades privadas

    faltam-nos libertar 30 mil para chegarmos ao brasil…

    Em termos das 3 estaduais paulistas, o salário de professor titular (topo da carreira) é de R$ 11.802,81 felizmente o real valorizou né….senão inda tinhamos mais brasileiros e argentinos nas unives do interior
    a teresa palácios táva no litoral mas chegou de bahia blanca já no século passado nã veio com a crise

    Depois de 20 anos de carreira, um professor titular teria como salário este valor acrescido de 4 quinquênios mais a sexta parte, o que corresponderia a aproximadamente R$ 22.0000,00/mês. Isso porque cada quinquênio é calculado de acordo com o salário vigente à época da concessão. Ou seja, se o primeiro quinquênio for de salário de professor doutor, o segundo e o terceiro forem de professor associado e o quarto de professor titular, isto leva a um adicional de R$ 9.898,03. Considerando-se ainda o 13º salário e o adicional de férias, isto levaria a um total de R$ 288.621,17/ano. O que corresponde a US$ 160.345,11/ano, ou US$ 13.362,09/mês. E assim o salário de professor titular das 3 universidades estaduais paulistas está no topo da tabela apresentada na reportagem da FSP de hoje. É maior do que o salário dos professores de Berkeley.

    portanto há paises que estão menos libertos do que nós

    têm mais magalhães por quilómetro quadrado?

    ou menos coronéis nos cafés?

  • No Brasil, os maiores salários estão nas universidades públicas, que concentram 91,6 mil dos 132,4 mil professores com dedicação integral...nós nem chegamos aos 80 mil e já com institutos

    ter países irmãos é porreta mesmo né?
    Libertem-nos seus Ipirangas do catano, fiquem lá com 10% dos nossos Marcellos Caetanos.

  • No Brasil, os maiores salários estão nas universidades públicas, que concentram 91,6 mil dos 132,4 mil professores com dedicação integral...nós nem chegamos aos 80 mil e já com institutos

    Ó Boss se bocemecê tamém é doutor ado nã se amofine, quisse passa com a edade
    Sinda não é peça aí um doutoramento honoris causa aos mangalhães de serviço
    ou um lugar de commendador com reserva de caças nas beiras
    a outra tava cheia de pinheiros subsidiados e uma belhota reaccionária
    pegou-lhes fogo….

    gente invejosa com 61 anos se calhar queria a reforma do senhor doutor
    apanhar pinhas de graça não…raio das velhas
    inda por cima era miserável
    nem incendiava as matas de carro…andava a pé…e com buracos nos sapatos para correr mais depressa

  • Augusto Küttner de Magalhães

    Estes comentadores, escrevem, escrevem, escrevem…………….e nada, nada ……………

    E não leio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • am

    Eu já consigo ler os cripto-comentários, :-)! Afinal, não se trata de um problema de articulação…

  • Con segue? Benzo deus se calhar é um dos 9 milhões de reaccionários que nã se manifestaram, eu cá não sou desses até fui a são bento ver as modas queu sou um cidadão daqueles de 2ªlinha...participativo e tal

    Por acaso boss, vou a todas as manifes democráticas pela cidadania

    Já aquela maralha anti-social que andou na praia a apanhar cancro de pele e nos fóruns al mada ou al maden deste deserto, são umas abéculas sem résteas de cidadania…

    A minha cidadã pessoa alevantou-se a boas horas, foi às compras para morfar antes da manife, que fazer manife de barriga vazia é anti-democrático.

    Via aqueles fascistas em calções de banho e em biquini, que se apressavam a levar o farnel para as areias do deserto e gritava-lhes, seus fachos do ca…vaco vão às manifes meus (sim que já se sabia quia aver duas né…)

    Enfim lá tive de levar a minha cidadania para fora, dei um tostãozinho a uma velha que apanha latas e restos de comida e dei népia à ciganada romena que se juntou à malta da revista bela, porque bom cigano nem é louro natural, nem tem meias cigananitas com maralha que nem é do povo…ao menos se fossem tendeiros ou feirantes né…

    Cheio de fervor patriótico abri um buraco nos meus sapatos de ráfia espanhola e avancei para os transportes colectivos da manife, passando por gente com pouca cidadania que se entretinha a espalhar lixo pelo chão (Apesar de uma cidadã ter posto um letreiro de plástico com os dizeres ” seus porcos metam o lixo no caixote” cidadã que foi à manife dos 100 mil professores mas tirou férias nesta e foi de (férias)perdão, missão civilizadora aos selvagens de cabo verde pois os cortes da reforma impedem-na de ir a Cuba e a Cancun e não vai ao Egipto ou à Grécia por solidariedade revolucionária.

    Fiz um olhar mau aos porcos, feios e mansos remexedores no lixo, já na 4ªgeração, olhei para a reaccionária bisavó que tinha vendido a avó ao capitalismo na década de 80…e para a mãe da bisneta que nasceu já neste século contrariamente à neta da bisavó que se bem me lembro nasceu em 96 ou 95?…uma cousa assis?

    Con fuso caro cripto-eleitor? nã?
    Bolas inté eu tou con fuso e estava lá
    gritei-lhes seus reaccionários que não vão à manife então e as latas de alumínio ahn?
    Mas a canalha não as levou e deixou-as ali a lixar o calçadão do povo que jÁ custou meio-milhão quiçá 500 mil ou em RSI’s ai uns 2 mil e quinhentos cousa pouca…

    Enfim paguei o bilhetame sendo roubado no IVA e no transporte que era grátis em dia de manife, mesmo para os cidadãos sem cartão de livre passe para manifes e cheguei ia a manife já em maré cheia
    Havia bandeirame vermelho e negro escasso e as idades das manifestantes era pouco propício a empurrões

    Logo acho que desta manife não vai nascer muito novo con tribuinte
    como nas manifes de outrora..
    De resto mesmo as manifes de 81, 82, etc davam fruto

    Democraticamente apanhei o transporte para o Rato e daí desci a São Bento onde só apanhei a fila de trás não podendo participar na democrática manife da linha da frente
    E como os restantes lá me esforcei para que os deputados ouvissem a voz do povo
    Mas os reaccionários devem ter ido a banhos ou se calhar venderam-se ao grupo sonae num colombo imperiallista ou num vasco da gama que não tinha sardinhas dentro nem servia a lusoponte…

    é pena só termos um milhão de cidadãos neste país…
    se houvesse mais magalhães internacionalistas
    que dão o corpo ao manifesto no facebook

  • Augusto Küttner de Magalhães

    Para quem escreve este tipo??????????????????

  • é uma boa pergunta ó maníaco dos !!!!!!!!!!

    essencialmente para mim , um maníaco como tu ou a teresa horta

    leitores duvido que tenha muitos a maioria das 300 mil visitas só devem conseguir ler os títulos dos cento e tal blogs

    já tu pá careca consegues ter o teu nome em dezenas de milhares de páginas da internet

    isse de facto dá imortalidade…

    !!!!!!

  • Os tempos estão prenhes de maniacos e mangalhães!!!!!

    Percebeste???????

    Não?????

    Bolas !!!!!!

Leave a comment