Não, o governo não é dono do estado. Não, “estado” e “público” são duas coisas diferentes. 

Claro, há quem defenda que o setor privado é sempre o melhor. É uma opinião tão legítima como o seu contrário. O que já não é tão legítimo é que os defensores dessa opinião se permitam agir com base numa total incompreensão do que significa, para que serve, e de forma se distingue, o setor público.

É isso que faz a diferença entre reconhecer o predomínio de uma geração de neoliberalismo e deplorar os efeitos da incultura que essa geração nos legou. Essa incultura vive no primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, em Miguel Relvas, mas também na Juventude Popular do CDS/PP que na passada semana pediu (e depois obteve) a demissão do Conselho de Administração da RTP. Depois de termos vivido o apogeu da cultura neoliberal, estamos agora a viver o apogeu da incultura neoliberal: gente que não faz a mínima ideia das diferenças entre governo, estado e res publica.

Deu-se o primeiro sinal de alarme quando foram nomeados para as administrações do setor público, por exemplo da Caixa Geral de Depósitos, apenas os barões dos partidos do governo. Perante o espanto geral, a resposta dos homens do governo e dos seus partidos foi: mas então o “acionista estado” não tem direito a nomear quem quiser? E o estado não é o governo? Se vocês quiserem que o governo não nomeie os seus partidários devem defender a privatização de tudo, como nós!

O declínio da cultura republicana foi tão grande que é preciso voltar a explicar. Não, o governo não é dono do estado. Não, “estado” e “público” são duas coisas diferentes. E, como é evidente, os partidos que estão no governo não são donos do governo, que por sua vez não é dono do estado, que por sua vez não é dono daquilo que é público. É essa a diferença entre o público e o privado.

Só por facilidade se diz que o público tem dono, que somos nós. Na verdade, o público é aquilo que não tem dono: nós apenas cuidamos daquilo que é público, tentamos cultivá-lo e melhorá-lo, para podermos legá-lo às próximas gerações. O estado deve conformar-se a esse papel, pois quando o extravasa pode tornar-se oligárquico ou totalitário. E o governo, além de desempenhar um papel de intérprete da vontade popular expressa em eleições, deve comportar-se como um zelador do setor público — mas não é o único. A administração do estado, os funcionários públicos, a sociedade civil são também zeladores dos bens públicos.

É por isso que as pessoas que são nomeadas para gerir bens públicos têm tanta importância. Elas podem e em certos casos devem cumprir com ordens do governo eleito, é claro, mas não estão lá só para isso. Estão lá para cumprir com a lei, em particular com a constituição. E estão lá para defender os valores e interesses do bem público que lhes foi cometido.

Desempenhou o seu papel a administração da RTP quando disse publicamente que não concordava com um cenário de concessão do serviço público de televisão enunciado por um consultor do governo. Caso esse cenário fosse implementado, então — e só então — a administração poderia ter de se demitir. Mas que ela tenha sido forçada a demitir-se por discordância de um cenário que o governo nem sequer adotou significa que um ministro, com cobertura do Primeiro-ministro, agiu como se o governo fosse dono do estado. O que manifestamente configura um caso de incorreto funcionamento das instituições que o Presidente da República não pode deixar de escrutinar.

17 thoughts to “Governo, não dono

  • Claro que não o estado é um time-share, tem bué de donos, só cá os da cosa nostra sacamos meio-milhão em reformas mensaes

    E tirando um juiz, um ex-director de uma coisa qualquer,um ex-reitor de lyceo, um ex-governador militar do tempo da outra senhora e três ciganos, a malta da cosa nostra aqui do bairro é tudo arraia miuda.
    O juiz tinha direito a uma vivenda há uns anos, agora não sei quem lá anda e metia baixa, não se arrastava semi-morta como a distinta extinta juiza das in dependentes.
    Que por este andar fica pendente como os restantes processos contra os donos do time-sharing nazionalle.
    O Governo deste desgoverno dono da nação do amassão?
    Bolas que exagero, nem servem para maiorais do gado.
    Dão uns caseiros medíocres boss dono.

    O bosse é c’ouve de bruxelles, o governo quanto muito pode esperar umas festinhas ou uns pontapés da burocracia eurropeia sin peias.

  • Eu também acho que a administração não deve responder aos reaccionários e capitalistas accionistas e seus representantes

    Uma instituição que dá centos de milhões de lucros anuais, tirados a ferros por administradores desinteressados que trabalham por uns patacos e que nos dão o gordo, o magro, o Jorge Gabriel e outros mais subnutridos, deve ter a sua palavra para evitar a perda de seus direitos adquiridos há 55 anos.
    Aqui o pessoal da CGD, faz o mesmo despachava os produtos financeiros de merda aos velhotes de 70 a 90 anos, para que raio queriam eles o dinheiro né?
    Se calhar queriam ficar com os lucros da CGD os velhadas.
    Aqui só temos um actor que trabalhava no eu Show Nico e noutros produtos da NBP, não temos pessoal que venda direitos televisivos e dê presentes e piggy bank con contas numeradas, gente que dá brindes por aqui só delegados de propaganda médica.
    Temos é uma empresa pública que também dá um prejuizo do caraças, mas é tão tremendamente lucrativa, que até forraram 200 metros quadrados de parede, com 60 mil metros quadrados de azulejo, bom por acaso é branquelejo, só génios conseguem dobrar o tempo e o espaço.

    Eu cá também quero mais 40 episódios de produção nacional e outros tantos de importação, que custem 8 milhões ou 9 milhões, é como os submarinos, o que importa é que venham.

    De resto o que fez de mal essa administração?
    Nada, é uma boa administração como as restantes e como as câmaras, aceitar ordens de uns pedantes novatos nisto?

    Têm anos de experiência nisto e correm grandes riscos.

    O único do outro regime que foi julgado foi o Ramiro Valadão…
    Logo ser do TOP dos Tops da RTP
    Dá direito a julgamento ou à presidência de uma repúbica de bananas.

    é preciso ser muito abnegado para ir para cargos tão problemáticos

    e com tantas lutas intestinas
    Olha o que aconteceu à Carlos Cruz produções ahn…

    é muito arriscado afrontar os padrinhos do governo…

    Já fuzilaram os gaijos?
    ou dão-lhes a escolher entre uma reforma antecipada choruda?

    300 milhões dão para quê?
    Para os RSI do Picapau amarelo, para o vale da amoreira, bela vista, talvez sobre prá cova da piedade e alfeite e quiçá corroios

    mas já nem dá para Chelas e para a Amadora
    acho que o serviço público permitirá baixar o custo do RSI desses cadastrados de 440 milhões de euros (valor inicialmente previsto para 2012 mas os esbanjadores devem chegar aos 450) para 370 milhões

    que para ciganos e outros gaijos cadastrados e dignos de forca
    nem dão serviço púbico de jeito pelos 370 milhões que desperdiçamos nesse rebotalho

    300 milhões de serviço público de excelência é fazer programas sobre esses cancros sociais que se deixam matar na estrada a roubar 300 euros em cobre e a interroper o sinal do cabo e do telefone dos seus melhores

    O ideal era dar-se o dinheiro do RSI à RTP…
    uma ideia parva do socras
    dar mais dinheiro à canalha que à RTP…

  • Eu também não concordo com a concessão deste país a um governo com burocratas europeus e do FMI à mistura

    Acho que devemos concessionar isto a administradores e a advogados, tem dado um resultadão desde os tempos do Alfredo da Silva e daquele Administrador Geral das Alfândegas (interino) que tinha melhores ideias para o governo que o governo, João..quê? Soares? nã, acho que se chamava Franco como o caudillo aqui do lado.
    Sem um administrador destes não havia escolas commerciaes e industriaes nem agricolas, tinha optimas ideias pró serviço público.
    Nem…ditamole com sentido de humor, que a dita dura era só para as coisas sérias

    De resto defender a sua corporação é tradição nacional…
    Isto não é como nos tempos em que só tinhamos um mestre escola a mandar bitaites

    Em Democracia todos devemos defender o serviço púbico
    As gajas não estão pra isso? é só dar-lhes um tiro pra aprenderem

    nós administradores é que sabemos o que é melhor para elas…
    olha as gajas a fingirem que mandam…
    os militares têm honra e dignidade é o trabalho dos políticos arranjarem a massa para o serviço púbico que prestamos

    yeah meu…golpe de estado por via administrativa já…
    e em triplicado

  • essagora

    Eu também acho que a administração da RTP não tinha nada que se demitir.

    O que acho é que o facto de eles terem sentido a necessidade de se demitir mostra a promiscuidade a que estavam habituados com os governos de ocasião.

    Assim sendo, ainda bem que se demitiram.

  • Está na hora de retomares a tua carreira profissional rapazinho!

    Sim, sim … Mas apesar de tudo a Administração da RTP não passou à socapa para um canal de TV concorrente. Teve a dignidade de se demitir logo que o laço de confiança com o accionista quebrou. Na gestão pública tal como na política, a rectidão de carácter é um valor que não “assiste” a alguns ..

  • Mas a rectidão de carácter não foi reconduzida? Pelo menos a Liuana foi não foi? e de resto têm sempre onde montar são do quadro né?

    A cinepalco, a cinecool e a tela cool, não dão brindes ao pessoal?
    Que injustiça os cabazes de Natal acabaram-se no serviço púbico?

    ó vais con selos, quem tem a dignidade de se demitir vai pró fundo de desemprego ou continua a mamar nos quadros e nos custos variáveis por episódio?

    ispilica lá porqué caprodução nazionalle feita pela RTP em parceria com outros desceu bué…

    cá por mim privatizava os 440 milhões do RSI

    e dava a rtp às que produzem os compadres nico d’obra à noite trigésima temporada agora sem o outro gordo que faz o preço preço

    como é que cada série destas se fica por 30 mil euros ou 90 mil euros por cada meia hora ou 45 minutos

    e as produtoras independentes do real banaNISTÃO aqui do lado com custos de produção muy inferiores?

    já agora ispilica-me porqué que aqueles 6 minutos de bailado que abriram a grande noite da eurrovisão rodados numa tal cidade património mundialito algures no início dos 90

    custaram 9000 contos? a mim isse sempre me meteu espécie

    por falar nisse onde é que dá o nico à noite?

    já que vamos ter que arrotar 600 mil ou mais 30% por aquilo já agora vê-se

    serviço púbico de qualidade repetitivo e dejá vu à anos 80 é mesmo do que precisamos

    não se arranja uma cola cao para pagar 10% dos custos?

    nã? ok

    26 episódios dos compadres só por milhão e picos?

    baratucho e com derrapagem e extras fica nos 1,3 ou sobe aos 1,5 milhões
    com intervalos enche quantas horas de serviço púbico

    das 4000 anuais em que o jorge gabriel não entra?

    dá pra mais de 30?

    não dá?

    bolas a derrapagem dos lucros de 2013 devem ser bons

    30 euros por putogoês que ganham em média isso por dia né…
    nada

    administradores deste calibre cheios de rectidão de carácter são bons

    é pena que não consigam dar-nos uns lucros menorzinhos

    é que com lucros destes todos os anos

    vamos ter que ir comer lá na rtpê qualquer dia

    aqui a cáritas dá meia dose com a emissão televisiva

    deviam pôr mais programas de culinária né?

    os amaricanos fazem desses a 5000 dólares por hora de emissão

  • Mas não se pode só exterminá-la?

    2000 no fundo de desemprego custam no máximo, 30 milhões por ano?

    Não se pode falir a bicha?

    É inconstitucional, não é?
    Já os 150 que foram do têxtil nacional que ninguém compra, para o desemprego hoje por falta de meio milhão que se lixem, fizessem serviço púbico, se são gajas velhas e não recebem 300 a 500 euros para mostrar as mamas por dia, ue fossem prá RTP quando eram novas.

    De resto estes 300 milhões injectados na economia, davam para salvar o quê?
    Nem 30 mil postos de trabalho a 475 e 600 eurros por mês.
    O serviço púbico tem 30 mil milhões de lucro acumulado

    3000 euros por putogoês?
    Isso qualquer funcionário ganha num mês ou dois

    é pena que haja 3 milhões que nem isso ganhem por ano
    se ganhassem poderíamos ter muito e melhor serviço cultural nesta púbis a necessitar de banana e macaco adriano no lombo

    Já agora a RTP memória só dá jogos sem fronteiras de há 20 ou 30 anos y anos e jogos de andebol de há 17 ou 18 a intercalar com o Poirot o A-team e outras cousas vindas dos anos 80?

    Inda há emigrantes que olham prá RTP internacional?
    bolas pensava que tinham morrido já todos…

  • essagora, promíscuos nós?

    Olha que os senhores administradores não andaram no processo da Pia Casa.
    São monógamos, ou quanto muito enrolam-se em 2 ou 3 lobbys, lobbies ou diz-se lóbis?
    Como a Tóbis Portugueza como a Legião?

  • A cinepalco a cinecool e a tela cool mandam dizer

    Que não têm nada a ver com a NBP, que foi vendida há anos, nem conhecem nenhum mação com nome desses ex-trangeirados.
    Somos gajas só conhecemos o teste do papa nicolau…

  • Está na hora de retomares a tua carreira profissional rapazinho!

    A teia cool dá-te 50 mil por decisão bem tomada, em robalos bem gordinhos e jantaradas com adereços que deixam qualquer árbitro com os olhos em bico, em cada bico.
    Já a eu só faço telenovelas para a TVI e dou umas de quando em quando na traseira da RTP dá-te um balázio nos cornos se não pias mais pianíssimo, olha aí está um programa nice para pôr na RTP memória.

    A RTP não são números, são pessoas duas mil delas e mais cinco mil convidados de ocasião.
    Salvai a nossa fome cultural, por amor de Zeus.

  • A teia cool avisa que não faz bicos à administração por uns meros 600 mil euros

    A teia cool é um conglomerado de serviço púbico que dá de comer a muita gaja, muito gajo, putogoês ou assimilado e melhora a vida sexual de muitos portugueses.
    Um serviço púbico destes que afasta milhares de adolescentes da RTP e os põe a experimentar as posições da TVI com preservativos durex, que não patrocinam nenhum concurso, sabe-se lá porquê.
    Presta um serviço inestimável ao país, olha se os putos se reproduziam e esta ahn?
    Temos um serviço púbico feito de slogans púdicos, benzodeus.

  • essagora ser administrador dá direito a serviço púbico?

    ó mõe ê quere sere adiministrador da RTP

  • Sim, sim....não é administrador quem quer!

    Na gestão púbica, saber phoder sem olhar a custos e a rectidão de carácter enquanto se enrabam os putos goeses das casas Pias e das que não Piam, é fundamental.

  • A RTP é como o PCP ou o Soaristão...inda tem phoder pra phoder mas perdem aderentes via obituário tutti ill anni ou diz-se annes?

    Acho muito bem que D.Soares e D.Alberto tenham discursos similares pôs são ambos clones chineses budistas popularuchos fabricados em diferentes ambientes

    A versão continental tem pouca aderência nas ilhas maravilhas

    já a versão insular pega um poucochinho nos continentaes

    eu acho bem que só ares defenda a sua 2ª e 3ª série de memórias televisivas a vender em DVD até ao jumbo as pôr em desconto de 50 cêntimos como os do gatos fedorentos na última série da RTP

    A RTP tem um público fiel que cresceu com ela na ditadura e na demo seguinte mai mole, há 20 anos perdeu o monopólio salazarista

    e as produtoras associadas entraram em guerras intestinas

    pouco me faz se cada episódio custará APENAS 20 mil ou 87400
    ou séries culturaes de meia hora que ninguém vê custem 60 ou 100 mil

    as 3 horas e 43 minutos de verão total diárias fazem maisserviço púbico aos velhotes e gajos de meia idade e gaijas que adoram as novelas da TVI e SIC que ainda veêm emissões TV uns 50% da populaça

    do que os jogos paralímpicos durante 55 minutos quando 70% está na praia ou a trabalhar quem ainda trabalha

    a fé dos homens ou velhas séries de TV disponíveis em DVD pirata ou em descarga directa da net ou a 1,99 nos saldos de dvd

    a televisão é apenas um entre outros (muitos) meios com que actualmente se passa o tempo

    longe vão os tempos em que num dia a seguir a um terramoto ou a um tsunami se podia utilizar como exemplo prós alunos
    pois os gajinhos não veêm TV do mesmo modo que se via há 30 anos
    no tempo das 1ªs cassetes vídeo

    por falar nisso videoclubes faliram e os DVD clubes seguiram-lhes o caminho

    para uma miúda com 6 ou 8000 horas de utilização de telemóvel a enviar sms’s e restante fotogenia em 2 ou 3 anos de utilização

    a tv nã lhes faz muito serviço público

  • A RTP é como o PCP ou o Soaristão...inda tem phoder pra phoder mas perdem aderentes via obituário tutti ill anni ou diz-se annes?

    8 a 10 horas diárias de telemóvel parece impossível, mas felizmente para a PT optimus e etc não é..

    tal como pareceria há uns anos gente que via televisão em contínuo das 10 da matina até à meia-noite

    A RTP a RDP e os seus serviços púbicos estão mortos e enterrados

    Mais gente viu os mortos vivos da fox que o prós e contras com mais contras do que prós

    por falar nisso boss, já tem mandato para o próximo prós ?
    o aluguer daquele teatro é de graça?

    ter uma assistência daquelas que nem fala nem apita é televisivo
    provavelmente

  • Dono? Governo? ó boss o boss deve estar a ver mal o filme daqui até 2099 só temos PREC e em marcha lenta de velhotes...

    Nomeado o privatizador, Miguel Relvas prepara-se para o assalto final.” – in arrastao.org

    Percebeu agora qual é o busílis da questão? Veja lá se quer levar um estalo.

    PSD/CDS – Mentirosos & Incompetentes, S.A.

    Provocar | Tudo ao molho

    De 2013 com lucro de – 240 milhões? a 6 de Setembro de 2012 às 18:25

    atão o orçamento tá ok..

    já vai com um lucro pra cima de – 6000 milhões

    ou seja quase 25 vezes o lucro da RTP em 2012

    e pelo andar da carruagem

    com 300 episódios já contratados para 2013
    por 20 milhões e picos…

    acho que deve dar lucros de – 280 milhões

    isto se mantiver os 60 milhões de receitas de publicidade e de cabo

    que já não tem há 2 anos…
    este deve ter tirado con tabilidade na covilhã

    Provocar | Primeira chapada | Tudo ao molho

    De Mas o sub-marinho tem razão numa coisa a 6 de Setembro de 2012 às 18:33

    Governo em 2011, assinou o despacho de nomeação de Guilherme Costa como presidente….
    O Conselho integrava dois economistas: José Araújo e Silva e Luiana Nunes.

    Araújo e Silva estava a trabalhar como assessor do Presidente do Grupo Salvador Caetano e.fez parte da administração da Caixa Geral de Depósitos e da EDP, ou seja polos culturais do estado via caixagest e outras afundações.

    Luiana Nunes, ex-diretora de um dos departamentos da Caixa Geral de Depósitos e antigo, mete antigo nisso elemento do Banco Efisa e da Deloitte. Deloitte consultores de submarinos amarelos .

    O Banco Efisa é cultural aos montes, foi por isso que foi reconduzida?

    Já o Araújo e Silva homem de mão do Salvador, depois da morte do Caetano nosso Salvador cultural via Toyota, devia ter um lugarzinho mais estável.

    Provocar | Primeira chapada | Tudo ao molho

    De Acho que o submarino foi con sultado a 6 de Setembro de 2012 às 18:34

    Se foi pela Luiana ou por outra con insultora isso não sei.

    Provocar | Primeira chapada | Tudo ao molho

    De E a luiana nunes tem genes é como o RMD a 6 de Setembro de 2012 às 18:39

    Genes e analogias à farta.
    E para os cargos que teve inda está novinha.

    Provocar | Primeira chapada

    De Carlos a 6 de Setembro de 2012 às 19:16

    “Alberto da Ponte quer melhor serviço público com menos dinheiro” (in expresso online)

    E agora que voltámos ao habitualmente (aliás o projecto sempre foi esse), podemos regressar aos Açores sff?

    Provocar | Tudo ao molho

    De Olha a grande descoberta…. a 7 de Setembro de 2012 às 00:06

    Uns descobrem que na RTPê não se mexe, que tem tudo atrás (não é uma referência casapiana) desde
    ex-presidentes a presidentes em exercício e até Adrianos Moreira dos anigos regimes, que Pinto Balsemão e Diogo Freitas ainda não tenham vindo em socorro da RTP provam a fraqueza interna da RTP e do regime actual do RaPaTachismo livre de taxas actual.
    O actual PPC (Plano Pianíssimo de Contas em contos da carochinha tá tão fraquinho também que acho que a Madeira há-de anexar-nos em breve.

    Os Azores serão o Puerto Rico da Europa e não vale a pena preocupar-nos com isso.

    Já se vê a luz no fundo do túnel, o buraco está chegando à china, quiçá à Índia que é um buraco torto,mas seguro seguro mesmo é que se a passos de coelho não chegarmos lá, às costas do antónio chegaremos lá antes de dizer RMD ReMoDelação da RTP pois então.

    Para o ano são só – 280 milhões de lucro de certezinha, mas nos balanços vão parecer ser + 500 milhões.
    Um milhão e meio de portugueses nem isso tem para pagar de IRS ou IRC, que o cafezismo nazional perdeu cá fé..bué.

  • Lista dos 7000 pequenos donos do estado fora os 9000 médios e os outros grandes

    De No bom pacote é extra-con juiz legal a 10 de Setembro de 2012 às 17:10

    2500 milhões de perdas na empresa da púbis, RTP incluida que se financiaram em con tratos ruinosos
    e o em pé cu cotado é que paga as favas dos 18%?

    Não podiam já ter estancado a sangria para os institutos e afundações?

    Nã só no segundo round…viva a RTP que ninguém vê…

    Observatórios de risco e administrador delegado J.Coelho Antunes e o corpo dos sócios de uma assembleia geral de 2 secretários efectivos e dois sócios suplentes

    mais 5 sócios para o conselho de administração e 2 suplentes e um conselho fiscal com 3 efectivos e 2 suplentes
    eleito para o triénio 2010 2012 e seguintes

    se não morrerem antes
    um fundo que rende 20 mil euros por ano

    e dá 0,90 euros anuais a cada sócio da caixa de previdência do ministério da educação

    e dá quanto ao Manuel Isabelinho miguéns licenciado em biologia e mestre en educa a são

    à Ana leonardo ramos sócia nº30 841 é das últimas a entrar e licenciada em direito´´

    ao senhor presidente do conselho António Manel Dias Farinha doutor em histéria e licenciado em medicina

    à Libânia com o curso geral do comércio do estado novo

    Ao José Manel coelho antunes sócio 31.134 licenciado em ciências sucia ais e políticas

    a maria de fátima do conselho Fiz Call girl com o curso da escola superior de educa a são

    e o Alípio o único técnico de contas

    de uma caixa que gere?

    e só dá 100 eurros aos que morrerem

    mas aos 20 e tal que estão vivos dão quanto?

    Pois o problema era acabarem com sinecuras destas

    em mil destas em subsídios e subvenções poupavam uns 10% de cortes à arraia miúda

    Mas sejam os da caixa de previdência deste ou doutro ministério desta ou doutra empresa pública
    dá tudo lucro tudo contas certas

    1500 secretários de mesa
    3000 membros de conselho de administra à são

    500 secretárias do senhor presidente chamadas São ou tatão

    uns 2000 de conselhos fiscaes

    de observatórios caixas caixinhas em presas e outras mais livres

    eu sey que são 7000 que deixam de consumir audi’s tabaco e bmw…mas…acho que con pensa

    tou a brincar con nã pensa nada
    con só paga as indemnizações dos que sairem

    Felizmente a Luiana Nunes voltou à RTP
    olha se tivesse ido pó desemprego

    era bué de impostos perdidos né?

    Provocar | Primeira chapada

    De Na tua opinhão impessoal ó deus damosca a 10 de Setembro de 2012 às 17:23

    COFRE DE PREVIDÊNCIA DOS
    FUNCIONÁRIOS E AGENTES DO ESTADO
    (Anteriormente denominado Cofre de Previdência do Ministério das Finanças)
    ASSEMBLEIA GERAL
    (SESSÃO ORDINÁRIA)
    Nos termos do nº 2 do Artº 86º dos Estatutos, vai
    reunir pelas 21 horas do dia 13 de Dezembro p.f.,
    na Sede da Instituição, na Rua do Arsenal, Letra E,
    em Lisboa a Assembleia Geral com a seguinte ordem
    de trabalhos:
    1 – Apreciação e Votação do orçamento ordinário
    e quadro de pessoal para o ano económico de 2011;
    2 – Eleições dos Corpos Gerentes para o triénio
    2011/2013;
    3 – Informações.
    Lisboa, 2 de Novembro de 2010
    O PRESIDENTE DA MESA
    DA ASSEMBLEIA GERAL
    (Vítor Conceição Negrais, Dr.)
    Realizou-se no dia 21-10-2010, na Casa da Presidência
    da C.M. de Vila Nova de Gaia, a apresentação Pública do
    projecto do Lar-residência do Senhor da Pedra, concebido
    a pensar nos associados do Cofre do Distrito do Porto.
    Para a mesma foram convidados o Presidente da Mesa da
    Assembleia-Geral do Cofre, Victor Negrais e o Presidente da
    Direcção, Manuel Móscas. Na mesa, para além dos representantes
    do Cofre, estiveram o Presidente da Assembleia Municipal,
    César Oliveira e o Vice-Presidente da Câmara Municipal, Marco
    António Costa. Esta apresentação teve lugar a pedido da Câmara
    Municipal de Vila Nova de Gaia, por reconhecer que se trata
    de um investimento social de grande importância para o concelho,
    e, simultaneamente, de um projecto reconhecido como uma
    bela obra de arquitectura. A obra já está adjudicada, prevendo-
    -se para breve o início da construção
    A apresentação esteve a cargo do arqº João Branco, responsável
    pelo Gabinete de Arquitectura autor do projecto, que
    mostrou todas as suas valências e funcionalidades.
    Na ocasião, Marco António Costa salientou a importância
    para o concelho deste investimento do Cofre, afirmando:
    “Saúdo esta organização, não só pela excelência do projecto
    apresentado, mas também pelo seu exemplo de autosustentabilidade,
    ….”
    Manuel Móscas acentuou que o equipamento entrará em
    funcionamento em 2013, criando 38 postos de trabalho
    e alojando comodamente 60 utentes

    60 utentes comodamente na rua em 2013…
    e 60 que tiverem dinheiro para pagar os 1200 euros vão dentro

    é um grande negócio o equipasmento sucia all do estado

    nem todos podem ser doutores né?

    uma lista de 1400 mações

    e a lista dos 7000 que comem da benevolência do con tribui inté se ir embora?

    é que cruzando as duas listas nem 300 mações
    co-evoluiram dentro destas duas listas

    moitas e moitas de listas ó deus de todas as moitas

    e infelizmente 97% da populaça fica em lista de espera

    ao menos sorteiem os lugarzinhos dos ex-Delegados Sindicaes e membros do PCBão que lá estão

    metiam 1500 do PSD e CDS e uns 200 ou 300 do PS

    sempre eram menos 1800 desempregados

    Manuel Móscas acentuou que as moscas de deus são immortaes e de picadas fataes

Leave a comment