“Até ao Ponto de Não-Retorno”

O ensaio publicado esta semana no Público sobre a cimeira de 9 de Dezembro último:

Até ao Ponto de Não-Retorno (Público, P2)

3 Respostas a ““Até ao Ponto de Não-Retorno””


  • Sim… nem mais! A sucessiva e assustadora repetição da História.

    (Ah, mas em 1889 a Revolução Francesa não fez 100 anos? :P)

  • A imodesta pró-posta de bacalhau

    Pdf fotojornalismo isto é multimedia…é ao estilo sócrates

    não retorno? há sempre retornos a muitas coisas

    ainda há carvão até 2400

    e gás até 3100 em oligarquias com excesso populacional
    e em gerontocracias com falta dele
    os retornos são sempre aleatórios

  • Augusto Küttner de Magalhães

    A história mesmo que actualizada a cada momento repete-se!!!!!!

Deixar comentário