Do gelo às formigas

É difícil não ceder à tentação de pensar que, enquanto escrevia Cem anos de solidão, Gabriel García Márquez não estivesse possuído de toda a sabedoria do mundo. Gabriel García Márquez escreveu vários livros excelentes — dos que li, O amor nos tempos de cólera, a novela Crónica de uma morte anunciada — e um livro incomparável, Cem anos de solidão. Sem esse […]

Ler mais
Impulso jornalístico

Quando um jornalista pede desculpa por fazer jornalismo, está tudo dito. Deu-se ontem, na entrevista de José Gomes Ferreira a Pedro Passos Coelho, um momento de verdade suprema. Durante toda a tarde, em antecipação de uma conversa entre um enamorado pela austeridade e um apaixonado pela austeridade, tinham chovido propostas de perguntas de um a […]

Ler mais
As 59 palavras que mudaram Portugal

Meus senhores, como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados sociais, os corporativos e o estado a que chegámos. Ora, nesta noite solene, vamos acabar com o estado a que chegámos! De maneira que, quem quiser vir comigo, vamos para Lisboa e acabamos com isto. Quem for voluntário, sai e forma. Quem não […]

Ler mais
Os partidos

Agora que a democracia se começa a aproximar em anos da ditadura, a relutância dos nossos partidosem credibilizarem-se pela abertura é a nossa pior inimiga política. Há uns meses ouvi a historiadora Luísa Tiago de Oliveira resumir as teses do Congresso da Oposição Democrática de 1973, em Aveiro. O pormenor que mais chamou a minha atenção […]

Ler mais
Nós não somos este escaravelho

Nós, os portugueses, não somos e não podemos ser o escaravelho de Ortobalagan. Não podemos ter perdido a capacidade de imaginar um outro país que não no fundo da gruta.  A cientista portuguesa Ana Sofia Reboleira descobriu, numa gruta de dois mil metros de profundidade situada na Abecássia, ali nas montanhas do Cáucaso junto ao […]

Ler mais
Barroso em negação

Aquilo de que a UE precisa é de um Mecanismo Europeu de Estabilidade inteiramente comunitarizado, com escrutínio do Parlamento Europeu, e sujeito às obrigações dos tratados de coesão, solidariedade e pleno emprego.  Barroso reagiu mal ao Manifesto dos 74 pela simples razão de que lhe estraga a narrativa. Não sabem? Para Barroso, como para o seu partido […]

Ler mais
Tempos históricos

A luta entre turcos tem consequências para nós todos. A Turquia é o país onde as conspirações imaginárias têm tanto poder quanto as reais. A partir de certa altura, já ninguém sabe quais são umas e quais são as outras. Ainda me lembro quando me falaram pela primeira vez dos gülenistas. Parecia uma coisa de […]

Ler mais