As bruxas da desconfiança

Quando desenharam a moeda única, os pais e mães do euro poderiam ter escolhido fazer uma jangada. Mas olharam para o rio de águas calmas à sua frente e disseram “vamos só amarrar-nos a todos com uma corda e atravessar a vau”. Num magistral estudo de “oito séculos de insanidade financeira” sugestivamente intitulado Desta Vez […]

Ler mais