Não ligue à desarrumação

Quer ver uma demonstração dos meus dotes divinatórios? Caro leitor, você está aqui porque viu na última página do Público de hoje, 22 de Setembro de 2008, o endereço www.ruitavares.net acrescentado ao texto da minha crónica habitual de segunda-feira.

Se é possuidor de um blogue ou de um sítio na rede, é possível que tenha voltado lá para criar uma ligação para esta página. Se o fez, saiba que lhe reservarei um espacinho no meu coração. A partir desse momento, chegarão novos leitores a este texto, provindos de lugares diferentes, e eu deixarei de adivinhar as circunstâncias exactas que os trouxeram até aqui.

A verdade é: eu não estava preparado (foi o Público que me pediu para passar a incluir um endereço no fim das crónicas habituais das segundas e quartas-feiras). Isto aqui é uma casa. Mas isto é também um processo. Isto aqui já foi muitas coisas e esteve em mais de um lugar, desde Março de 2003, quase sempre discretamente. Neste momento, é uma casa desarrumada em processo de se tornar uma coisa nova. Mais uma previsão: logo à tarde já estará diferente.

11 Respostas a “Não ligue à desarrumação”


Deixar comentário