[a questão dos links, 2]

[a questão dos links, 2] Parece-me, a propósito disto, que há pessoas que interpretam aquelas horas sublinhadas como sendo a continuação do texto e têm medo de perder algo. Isso acontece porque crêem que um blogo é um site, o que não é um caso. Um site pode ter muitíssimas páginas. Um blog, regra geral, tem apenas uma. Todo o texto que há para ver está aqui, e quando terminar, terminou, sem continuação noutro lugar. Este por exemplo vai terminar agora quando puser o último ponto final a seguir à palavra “fim”. Não vale a penar ir lá clicar nas horas a ver a continuação, ok? FIM.

0 Respostas a “[a questão dos links, 2]”


Comments are currently closed.