Arquivo diario para April 28th, 2011

E agora, Síria

O objetivo da conversa e dos sorrisos é somente dizer: estamos num estado policial. Eu sei que estamos num estado policial. E você também sabe. Portanto aqui as coisas passam-se assim, as paredes têm ouvidos e não se pode dizer tudo.

Quando estive na Síria — em Damasco e na província de Al Qamishli, no extremo norte do país — não se dizia a palavra “Israel”. Em alternativa pronunciava-se “Disneylândia”. “Quando eu estive na Disneylândia…”, “Ah sim?”, “Não, não é essa, é a outra” — esta troca de galhardetes era acompanhada com um sorriso. Não só pelo ridículo da situação, não só pelo militantismo de um país que tem uma parte do seu território — os Montes Golã — ilegalmente ocupado por Israel, e não só por ser evidente que qualquer agente da polícia secreta sabe que “Disneylândia” quer dizer “Israel”.

O objetivo da conversa e dos sorrisos é somente dizer: estamos num estado policial. Eu sei que estamos num estado policial. E você também sabe. Portanto aqui as coisas passam-se assim, as paredes têm ouvidos e não se pode dizer tudo.

Na verdade, Israel — perdão, a Disneylândia — era o mínimo. Continuar a ler ‘E agora, Síria’